Vamos Participar?

PROJETO: INCENTIVANDO A LEITURA (3)

Boa noite gente!

O Projeto “Incentivando a Leitura”, que criei aqui no blog recentemente renderam vários comentários de experiências maravilhosas com a leitura. Tivemos a oportunidade de conhecer novos livros, gêneros e histórias. Hoje venho dar continuidade à este projeto com presença de duas blogueiras maravilhosas.

Infelizmente, não recebi mais nenhum comentário :/ mas ainda tenho a ideia de continuar com o projeto e novas ideias serão anexadas a ele nas próximas semanas, então espero que curtam e participem 🙂

Se você ainda não conferiu a ideia do projeto e quer participar é só clicar aqui e se quer ler as experiências de diversos amantes da leitura é só clicar em 01 e 02 .

Vamos lá, então!


large (39)A Ju, do blog Fabulonica, além de nos emocionar com sua percepção sobre a leitura, ainda nos dá várias indicações de livros.

“Eu costumo associar a leitura ao nascimento. Quando o ser humano nasce, aprende uma sucessão de informações que o faz existir para o mundo. Aprende a falar,  a caminhar, a comer, a escolher e, ao longo da vida, faz escolhas. Uma delas é ser um leitor e essa escolha o faz existir para si mesmo. Quando adentramos no universo literário, seja ele ficcional fantástico ou voltado para uma realidade social, não estamos só lendo uma história, um entretenimento, como já ouvi muita gente dizer, estamos adquirindo muito conhecimento. Nossa linguagem melhora, pois estamos diante de um rol de palavras antes desconhecida. Nosso conhecimento de mundo amplia, pois absorvemos desde as informações mais simples até as mais complexas, que estão intrínsecas no texto. Nosso pensamento crítico melhora, pois se antes não tínhamos um contato maior com textos jornalísticos ou históricos, por não gostar da linguagem, passamos a ter um interesse maior por questões políticas e sociais, coisa que uma boa Distopia pode fazer. Enfim, ler é renascer para si mesmo e quanto mais fugimos dessa realidade, mais ficamos presos dentro do ovo. Alguns livros que indico, que acrescentaram, de alguma forma, em quem sou hoje, são:

– Trilogia ‘O Senhor dos Anéis’ (J.R.R. Tolkien): uma história baseada na mitologia Nórdica, que dos grandes ensinamentos o mais marcante, na minha humilde opinião, é a importância de ter princípios e caráter;

– ‘O Caçador de Pipas’ (Khaled Hosseini): um dos livros que mais me fez chorar e foi, para mim, a prova de que um amor verdadeiro pode ser construído e a abnegação existe;

– Trilogia ‘Não Pare’ (FML Pepper): você não respira lendo essa trilogia, fantástica! E a autora é brasileira;

– ‘Fernão Capelo Gaivota’ (Richard Bach): um exemplo de coragem e superação incrível;

– ‘Maybe Someday’ (Collen Hoover): com uma escrita envolvente, a autora conseguiu mostrar, entre tantas coisas, o lado normal de uma deficiência. Sem a dramatização ou sensacionalismo em cima do tema, como em diversos livros que abordam uma doença, por exemplo. ”   

large (42)

E por fim, a Priscila, do blog Golpes de Pincel, nos conta um pouquinho sobre sua trajetória como leitora até os dias atuais.

“Minha história com livros começou desde que me entendo por gente. Minha mãe é professora e sempre tive histórinhas e gibis da Mônica em casa. Leio desde que fui alfabetizada e tenho o meu primeiro livro guardado, assim como guardo a minha primeira boneca (risos). Na minha escola havia um ‘clubinho da leitura’ e uma vez por semana trocávamos de livro e eu sempre ia super ansiosa para escolher um novo. A medida que ia crescendo, os livros aumentavam de tamanho. Lembro das veze que ia à biblioteca e meus colegas brigavam pelos menores e os que tinham mais figuras e eu escolhia de acordo com a história, ou seja, aquela que me parecia mais divertida. Lia muitos livros e também muitos gibis da ‘Turma da Mônica’. Na adolescência, comecei a diminuir a quantidade, pois as histórias foram ficando infantis demais. Só lia os que a professora de português pedia e alguns que encontrava por acaso, além de gibis (sempre) e revistas ‘Capricho’. Foram anos muito difíceis para a leitura. Lia Ziraldo e muitas crônicas (amava- principalmente as de Luís Fernando Veríssimo). Isso até os meus 15 anos, quando descobri o maravilhoso mundo de ‘Harry Potter’. Li os quatro primeiros rapidamente e a partir daí ficava de 2 em 2 anos esperando a chegada do próximo. Neste período, acabei conhecendo outras histórias semelhantes. Ganhei de presente ‘O Mundo de Sofia’, em que me encantei e quis comprar todos os livros do autor. Com 16 anos, conheci ‘O Diário da Princesa’, li todos os volumes disponíveis na época. E também conheci mais obras de Pedro Bandeira. Comecei a ler bastante!

large (40)

A cada livro que ouvia falar que era legal, eu comprava. Um filme originado de livro, comprava. Com 22 anos, já formada, senti vontade de ler mais. Era época de ‘Crepúsculo’ e tinha mais uma infinidade de livros, mas não sabia qual escolher. Pedia indicações, mas mesmo assim sentia a necessidade de ler mais, estava frustrada comigo mesma. Lembro de ter ido à Bienal do RJ e não conseguir escolher nada, por medo de não gostar. Já, no ano seguinte, conheci outra amante de livros e fui apresentada ao Skoob (a rede social de livros) e ao blog da Pam Gonçalves e conheci livros fantásticos e me senti super confortável, pois, finalmente, havia resolvido meu problema. Conheci novos autores e me apaixonei pela Thalita Rebouças, enfim, não parei mais. Hoje, com as redes sociais, fico pesquisando livros novos, descubro novos gêneros etc. Na minha época, não tinha redes sociais, nem muita divulgação, e a gente pouco conhecia os livros. Sorte dos adolescentes de hoje, podem devorar muitos livros.”


É tão bom ver o quanto as pessoas têm histórias incríveis com a leitura ❤

Ler é assim mesmo, ter uma conexão com outro mundo, descobrir novos mundos, se apaixonar a cada dia por um novo personagem, por uma nova história, apreciar a magia que a leitura nos proporciona e através dela adquirir conhecimento de todos os aspectos do mundo. Se você ainda não se encontrou nesse mundo, corra! Ainda há tempo de pegar um livro e se apaixonar!

E para quem ainda não participou desse projeto, vou adorar contar com a sua participação ❤

Grande beijo ❤

Anúncios

29 comentários em “PROJETO: INCENTIVANDO A LEITURA (3)

    1. Oi, Silvia :))
      Para participar é só ler o post principal do projeto, direcionei o link dele no começa do post, aí se preferir comentar lá mesmo ou mandar um e-mail fica a teu critério! E também irei divulgar a próxima parte do projeto na próxima semana, caso ninguém mais me mande um e-mail, precisaria de mais duas pessoas…. Se quiser esperar a segunda parte… Fica a teu critério também.
      Vou adorar contar com a sua participação ❤️
      Um beijo pra ti 😘

      Curtido por 2 pessoas

  1. Nat, eu tô bem ocupada e louca com esse fim de semestre e mal tô entrando no blog 😦 adoraria poder ajudar mais esse projeto mara!!! Mas não desanime, incentivar a leitura é uma coisa maravilhosa, principalmente por aqui, porque ~ por incrível que pareça ~ muita gente não gosta de ler e não sabe como eh incrivel esse mundo!

    Beijão =*

    Curtido por 2 pessoas

    1. Eu te entendo Lê, final de ano é sempre uma correria mesmo :/ Mas, mesmo assim, muito obrigada pelo apoio ❤
      Logo vou ver se consigo postar a segunda parte que tenho em mente para o projeto e faço questão de contar com sua participação :))
      (esse projeto não tem prazo para término ainda, então fica tranquila que ainda da tempo de participar mais hehe).
      Beijoos :*

      Curtido por 1 pessoa

  2. Oi, Nati… que gracinha essa sua ideia de abrir um espaço para promover o amor à leitura.
    Espero de coração que frutos possam vir aos montes a partir deste projeto. Ler é algo que de tão maravilhoso deveria ser lei.

    Mas, como é um ato de prazer, já perderia a graça se fosse obrigado. Eu acredito que pra gostar de ler (se for depois de adulto) a pessoa precisa ter muita força de vontade para passar daquela fase de adaptação, chamaria isso de impor disciplina.

    A dica é: Ler em conjunto com alguém, começar uma leitura em voz alta (observando entonação, imaginando cada cena descrita, brincar de adivinhar (tipo: o que será que vai acontecer com o “fulano X?”, pedir pra alguém ler… etc)

    Ler ao menos 1 capítulo por dia… escolher livros que tem em seus conteúdos algo que tenha a ver com seu gosto pessoal. Por exemplo: Adoro história, então mesmo que um livro for tipo massante e chato (no meu ponto de vista), não vai ser total perda de tempo pra mim se tiver algo que me desperte à atenção.

    E por último não desista jamais. E faça uma leitura atento, perceba cada frase, cada palavra para que os benefícios da leitura possam ser aproveitados.

    Legal também é conseguir contar o que leu para alguém, isso estimula a memória e faz com que o leitor aprimore sua percepção e agilidade em evocar uma memória.

    Um grande abraço… Laynne

    Curtido por 2 pessoas

    1. Ai que fofa Lay ❤ adorei teu comentário hehe. Obrigada pelo apoio e eu acho a leitura tão importante e mesmo aqueles que não gostam deveriam pelo menos tentar ler algo. Adorei as dicas e eu adoro conversar com alguém quando termino de ler um livro, melhor ainda se a pessoa já leu, melhor coisa é trocar ideias sobre :))
      Grande abraço e um beijo.

      Curtido por 1 pessoa

  3. Não Desista Não Nath! 🙂

    Nenhum projeto é fácil, mas o que faz dele um diferencial é a energia positiva e o amor que você emprega para mantê-lo sempre na ativa.
    Você tem os dois heheheheh com 16 aninhos a energia ainda está pulsante e amor pelo que faz também é claro em ti.

    O mundo precisa de pessoas que impulsionem a Literatura e jovens como você que sirvam de referência. Muito obrigada por ter postado meu texto, eu amei participar e parabéns para a Pri S2

    Beijãoooo

    Curtido por 1 pessoa

    1. Muito obrigada pelo apoio Ju ❤️! Você sempre me emocionando com o que escreve… Adoro isso hehe.
      Não vou desistir não, pode deixar, to amando fazer esse projeto e já to cheia de ideias, logo vou postar a segunda parte e gostaria muito de contar com a sua participação novamente :))
      Eu que agradeço por vocês terem participado e colaborado 💛
      Beijão linda 😘

      Curtido por 1 pessoa

  4. Já disse que esse projeto é demais??? Acho que sim, mas quero repetir!!! HAHAHA Amo, Nath! Baseada nas dicas da Ju, quero muito ler O Caçador de Pipas, já ouvi falar dele e agora me interessei mais ainda! Agora com as férias chegando, estou muito feliz que vou pode colocar minhas leituras em dia, faz tento tempo que não consigo ler :((( Beijinhosss ❤ ❤ ❤

    Curtido por 1 pessoa

    1. Já disse sim ❤ Fico muito feliz que goste Estela hehe. Leia o Caçador de Pipas sim, eu também te indico e olha, você não vai se arrepender, juro! É um livro muito emocionante.
      Nem me fale em férias, não vejo a hora que chegue e quero logo colocar minhas leituras em dia também hehe.
      Beijão :*

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s