livros

Resenha: OS 13 PORQUÊS

Sabe aquele livro que te faz pensar em tudo? E, sabe aquele livro que te toca e quando você termina, parece que o mundo muda a sua volta? Pode até ser que eu esteja exagerando, mas não. Pelo menos foi isso que senti ao ler este livro, e se você não sabe do que se trata a história venha comigo conferi-la!


Título original: OS_13_PORQUES_1370299464BThirteen Reasons Why

Autor: Jay Asher

Editora: Ática

Número de páginas: 256

Classificação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

Você não pode interromper o futuro, nem modificar o passado. O único jeito de descobrir este segredo é apertando o play.”

Ao chegar da escola, Clay Jensen se depara com um misterioso pacote, em frente a sua casa, com apenas o seu nome escrito, o estranho é que este não apresenta remetente. Curioso, ele decide abri-lo e encontra uma porção de fitas cassetes. Mas, quem diabos usa isso hoje em dia? O caso fica mais esfíngico ainda, e então ele decide ouvi-las. Lembra-se do velho rádio de seu pai e vai até a garagem, local onde ele aperta o play e quando tudo se inicia. Clay percebe que a voz naquela fita é de Hannah Baker.

Hannah Baker era sua colega de classe e também uma antiga paixão. É, infelizmente ela era, pois esta cometeu suicídio há duas semanas atrás. Apavorado Clay se pergunta o que estas fitas estão fazendo com ele e por qual motivo Hannah as enviou.

É difícil ficar desapontada quando algo que você já está esperando se torna realidade.”

Nessas fitas, ela explica os treze motivos que a levaram à decisão de seu suicídio, e nisso, pessoas estão envolvidas e Clay é uma dessas que contribuíram para a morte de Hannah.

Em uma simbiose de pensamentos, Clay decide ouvir todas essas fitas até o final para descobrir como contribuiu para este fatídico acontecimento.

Se meu amor fosse um oceano, não haveria mais terras. Se meu amor fosse um deserto, você só enxergaria areia. Se meu amor fosse uma estrela, tarde da noite, luz apenas. E se meu amor pudesse criar assas, eu estaria voando nas alturas.”

Os Treze Porquês é narrado em primeira pessoa, por Clay Jensen, paralelo as gravações de Hannah, em que Clay faz comentários demonstrando o que está pensando ao ouvir tudo aquilo.

Apesar de ser um tanto denso, o livro apresenta uma leitura rápida, devido ao fato do suspense apresentado ali, em que você quer saber os motivos da garota que cometeu suicídio e também do menino Clay que está envolvido nisso tudo.

A leitura remete o tempo todo à vida de Hannah e dos seus treze motivos e do porque esse trágico acontecimento vir à tona. Ao decorrer da narrativa você se sensibiliza com ela, e passa a ver com outros olhos esse acontecimento e também a entender o porque de tudo ter ocorrido. Você pode até pensar no início da leitura que os motivos não foram tão convincentes assim para levá-la a se matar, mas foram sim, e ela apresentava sinais o tempo todo, uma coisa que alguém poderia ter impedido. Sim! Essa garota poderia viver, só bastava alguém nota-la, mas ninguém fez isso, e a desmoronou.

Acho que essa é a questão central. Ninguém sabe ao certo o impacto que tem na vida dos outros. Muitas vezes não tem noção. Mas forçamos a barra do mesmo jeito.”

Quando se trata de suicídio o assunto é sério e muitas vezes nos perguntamos o que levou aquela pessoa a se matar. No caso da Hannah, ela deixou os motivos esclarecidos em várias fitas cassetes. Mas, e aí? O que está feito, está feito! O passado já era, e várias pessoas contribuíram, por mais que não tenham percebido e por mais atos inconsequentes que tenham tido naquele momento, isso levou uma garota a se ceder e a se matar.

O fato a ser tratado aqui é o seguinte: você nunca sabe o que se passa na vida de uma pessoa, por mais que a conheça, você não sabe de tudo e também não tem o direito de julga-la como bem entender e, às vezes, ou várias vezes, você só contribuí para aquilo tudo piorar, seja um boato ou seja um comentário qualquer  isso acaba virando uma bola de neve e só tende a piorar mais ainda. Então, seja consciente do modo que está tratando uma pessoa. E isso, não serve só para quem leu à este livro, mas para todos!

Por mais que, quando nos deparamos com este livro, pensemos que é uma história comum de uma garota que se matou, eu digo que não, essa história não é para ser lida e ser passada em branco.


E você, o que achou da resenha? Já leu esse livro? Ficou curioso para ler? Deixe seu comentário que vou adorar saber.

Grande beijo ❤

Anúncios

51 comentários em “Resenha: OS 13 PORQUÊS

  1. Já li várias resenhas sobre este livro e me sinto meio resistente… Sua resenha é bem convincente e até fiquei curiosa… rs. É um tema bem delicado e é complicado essas coisas de culpar alguém, embora entenda o dilema que o livro parece querer abordar…. Gostei da sua abordagem…

    Curtido por 1 pessoa

    1. Sim Lay, é um tema bastante delicado, mas ao longo da narrativa você entende a Hannah e ela mesma fala que não foram só as pessoas, mas ela também… Eu recomendo a leitura desse livro pra ti, é de se fazer a gente pensar e refletir :))
      Fico feliz que tenha gostado 💛
      P.s: hoje a noite se tudo de certo, irei escrever o texto para seu projeto, até amanhã, sem falta, te mando um e-mail!
      Beijão 😘

      Curtido por 1 pessoa

      1. Oi, Nat… Muito obrigada pela dica. Assim que puder vou procurar o livro. E olha sorry pela demora em ver o comentário, tem comentários que não recebo no e-mail e não consigo ver. Fds é bem loucura… eu nem consigo acessar o blog mesmo… Um beijão… vou ver o que me mandou e já entro em contato… beijão

        Curtido por 1 pessoa

      2. Ebaa, e se você ler, por favor, me conte :))
        Imagina Lay, sem pressa e também entendo essa correria e falta de tempo, mas quando você ler aí se puder me falar o que achou e tudo o mais, eu adoraria saber hehe.
        Grande beijo 😘

        Curtido por 1 pessoa

      3. Já li… Muito bom mesmo! Do jeito que imaginei. De uma forma leve e informativa e mostrando um pouco da sua experiência como estudante. Adorei! Vou ilustrar e na próxima semana vai estar no ar… beijocas

        Curtido por 1 pessoa

  2. Nati, que bela resenha. Uma das melhores que eu vi, em todos os blogs que já visitei. A história me parece ótima, a ponto de colocar este livro na minha lista de desejos para o próximo mês.
    Parabéns, Nati. Continue assim.
    Super beijo.
    Alex

    Curtido por 1 pessoa

  3. O que eu achei da resenha? Magnífica!
    Parabéns Nati!
    Quero ler esse livro urgente. Ele parece ter uma abordagem no estilo “as vantagens de ser invisível” só que um pouco de suspense.
    Me deixou muito curiosa garota :), assim que se faz uma boa resenha.
    Beijão

    Curtido por 1 pessoa

    1. Muito obrigada Ju! 😍☺️
      Sim, a abordagem realmente é parecida com as vantagens de ser invisível, só que inclui o fato de ter um certo suspense ali, porque a cada página que você vira, você quer saber quem é a próxima pessoa e o que irá ocorrer… Se você ler, espero que você goste e me conte o que achou, por favor! Vou adorar saber uma opinião sua :))
      E que isso, você também faz resenhas incríveis ❤️
      Beijos 😘

      Curtido por 1 pessoa

  4. adorei a resenha, escreveu e detalhou muito bem! A capa dela me intriga muito, também haha :”)
    Fora que, apesar de ter virado um pouco clichê filmes de suicídios e morte, achei legal a abordagem do assunto! Vou baixar em epub!!
    Beijinho Nat =*

    Curtido por 1 pessoa

    1. A capa é bem bonita mesmo hehe. Fico feliz que tenha gostado da resenha Lê, pena que esses assuntos viraram um tanto modinha já, mas esse livro, pelo menos eu achei, que aborda bem o tema. E no inicio você até meio que sente raiva da personagem, mas depois vai entendendo tudo o que aconteceu… Recomendo a leitura :))
      Se você baixar e ler aí me conta o que achou, pois vou adorar saber.
      Beijos 😘

      Curtir

  5. Li esse livro também e amei! Achei algumas problemáticas apresentadas como motivo do suicídio meio simplistas…. mas aí me dei conta de que é um livro bem voltado para o público adolescente. Mas achei foto, gostei bastante da trama. Bela resenha, deu vontade de reler!!

    Beijos!

    Curtido por 1 pessoa

  6. Já está na minha lista há um tempão, mas não sei porque ainda não comprei. Haha Sua resenha despertou ainda mais o meu interesse. Com certeza uma história com um objetivo maior do que só fazer com que as pessoas leiam, mas que elas se conscientizem de que pequenos atos podem sim acabar com a vida de uma pessoa.
    Adorei o post! ❤

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s