livros

Resenha: O Caçador de Pipas

Oi oi gente, tudo bem com vocês? Espero  que tudo esteja muito bem (:

O post de hoje é uma resenha do livro “O Caçador de Pipas”, acabei de lê-lo e vou contar um pouquinho sobre o que achei.

Título original: The Kite Runner5462911GG

Autor: Khaled Hosseini

Editora: Editora Nova Fronteira

Número de páginas: 365

Sinopse: A história se inicia na década de 70 no Afeganistão, na época da monarquia, e conta a história de dois garotos, Amir e Hassan, que cresceram juntos desde pequeninos.Amir é rico e nem um tanto corajoso e Hassan que não sabe ler, nem escrever, demonstra coragem e dignidade o tempo todo. Apesar das diferenças os dois apresentam uma união muito forte. No inverno de 1975, durante um campeonato de pipas, Hassan dá a chance de Amir ser um grande homem, mas este acaba não enxergando sua redenção. Após uma invasão soviética no Afeganistão, Amir acaba indo com seu pai para os Estados Unidos. Muito tempo depois Amir volta para sua terra natal, que estava totalmente diferente,destruída pelo regime Talibã. Essa sua volta faz com que ele resgate todo o seu passado e ainda lhe dá uma chance de ser bom novamente.

Processed with VSCOcam with b5 preset
“Mas descobri que não é verdade o que dizem a respeito do passado, essa história de que podemos enterrá-lo.”

A escrita do autor nos faz prender a leitura de uma forma agradável, e também mostra um pouco da cultura Afegã e sua história, o que torna tudo ainda mais interessante. A história é totalmente cativante e bastante reflexiva, pois nos faz perceber o verdadeiro valor de uma amizade, das pessoas que estão ao nosso redor e que devemos valorizá-las, mostrando assim o contexto entre Amir e Hassan que eram amigos desde a infância, porém Hassan sempre foi fiel à ele, e mostrou sua dignidade até o fim.

Confesso que foi um livro que me marcou bastante, tanto pela maneira com é retratado e pelas reflexões que nos permitem ter. Com certeza recomendo!

Algumas frases do livro…

“Sempre dói mais ter algo e perdê-lo, do que não ter aquilo desde o começo.”

“Quando você mata um homem está roubando uma vida. Está roubando da esposa o direito de ter um marido, roubando dos filhos um pai. Quando mente, está roubando de alguém o direito de saber a verdade. Quando trapaceia, está roubando o direito à justiça.”

“…Yelda é o nome que se dá para uma noite sem estreles, na qual aqueles que sofrem por um amor perdido ou distante permanecem acordados, suportando e encarando a escuridão, interminável da noite esperando pelo nascer do sol, na expectativa de que seu amor apareça junto com ele. Depois que te conheci, todas as noites da semana passaram a ser Yelda para mim.”

Adaptação Cinematográfica: Há também o filme que foi uma adaptação do livro, lançado em 2008.

Espero que tenham gostado! Comentem aí se já leram, o que acharam, e também estou aberta para mais indicações de livros para resenhar aqui no blog (:

Beijos ❤

  

Anúncios

3 comentários em “Resenha: O Caçador de Pipas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s